Noticias

1917-2017 Volvo, 90 anos a pensar na pessoas.

Versão para impressão
PDF

15871652_1626799417623800_4487655584234629128_n

Bem-vindos a 2017, ano em que a Volvo celebra 90 Anos de existência.


“Os automóveis são conduzidos por pessoas. Por isso, tudo o que fizermos na Volvo deve contribuir, antes de mais, para a sua segurança." 
Com esta frase, Assar Gabrielsson & Gustav Larson, Fundadores da Volvo, deram o mote para a criação de um conceito único na indústria.
Tradicionalmente associada à inovação no capítulo de segurança, a marca sueca surgiu como resposta a um vazio de mercado. Acharam os fundadores da Volvo que não havia um automóvel suficientemente robusto e preparado para o clima inóspito e os rigorosos invernos da Escandinávia. Mais, a elevada sinistralidade nas estradas suecas nos anos 20 preocupava-os. O automóvel deveria ser um símbolo de alegria, de progresso, de liberdade, nunca de sofrimento e morte.
Ao longo destes 90 anos, o seu posicionamento ou ordem de valores nunca mudou. A filosofia dos seus fundadores mantem-se, à vírgula, inalterada – o foco nas pessoas, tornar as suas vidas mais fáceis nas quais seja possível beneficiar das vantagens da mobilidade de uma forma segura.


“Segurança”, “Pessoas” e “Qualidade” têm sido os alicerces principais de uma filosofia única a que se juntam o “Pioneirismo” e a “Preocupação Ambiental”. Estes são os princípios originais da Volvo que se têm mantido assim ao longo de décadas e que pautam as ações de hoje projetando o futuro de uma marca que sempre se caracterizou pela diferença.
Responsável por dezenas de inovações que mudaram o mundo automóvel e a vida das pessoas, como o cinto de segurança de 3 pontos, a cadeira de segurança para crianças, o airbag, o sistema de travagem automática e, mais recentemente o sistema Pilot Assist, embrião dos passos de gigante que a marca está a dar no sentido da condução autónoma para que o sonho de Assar Gabrielsson & Gustav Larson e a visão 2020 se cumpra – “que ninguém perca a vida ou fique gravemente ferido num novo Volvo”.


Ao contrário de algumas histórias com final pouco feliz, a Volvo resistiu, ao longo destas 90 anos, a inúmeras vicissitudes e vive neste início de milénio um dos melhores momentos da sua história.

Uber e Volvo Cars - Parceria na Condução Autónoma

Versão para impressão
PDF

A Uber está a desenvolver o seu projeto piloto de condução autónoma em San Francisco, na Califórnia. Para tal usará um Volvo XC90 especialmente preparado para o efeito.

Depois de em agosto de 2016 terem assinado um acordo para, em parceria, desenvolverem carros com capacidade de condução autónoma e de os primeiros veículos terem sido testados em Pittsburgh, Pensilvânia, este passo marca a próxima fase de desenvolvimento. Os veículos Volvo são vendidos à Uber que instala depois todo o hardware e software necessário.

Dado que se trata de um projeto piloto, apesar de autónomos, todos os veículos levam um técnico Uber a bordo de modo a supervisionar todo o processo.

"A promessa de condução autónoma e partilha de veículos está a tornar-se realidade", disse Mårten Levenstam, vice-presidente de planeamento de produtos da Volvo Cars. "A Volvo orgulha-se de estar na vanguarda dos últimos desenvolvimentos no mundo automóvel e ao lado de parceiros como a Uber."

A aliança com a Uber faz parte de um plano tripartido da Volvo para desenvolver tecnologias de condução autónoma (CA).

Em janeiro de 2017, iniciará um projeto intitulado Drive Me, que será o maior teste de condução autónoma do mundo, no qual até 100 carros com CA serão entregues ao público para serem conduzidos em estradas reais em Gotemburgo, na Suécia.

A segunda parte é uma joint venture com a Autoliv, a principal empresa de tecnologia de segurança automóvel, para desenvolvimento de software de CA.

A terceira parte é a relação contínua com a Uber para construir e co-desenvolver veículos base para carros com CA. Este acordo reduz os custos de desenvolvimento da Volvo neste campo dando ao mesmo tempo oportunidade de desenvolver tecnologia de ponta.

Uber_Volvo_Cars_resize

V90 na Polícia Sueca

Versão para impressão
PDF
Volvo_V90_police_car_resize

A polícia sueca será a primeira a usar as características da V90 como carro de polícia. A polícia sueca receberá as suas primeiras V90 no início do próximo ano, depois terem obtido a mais alta pontuação no teste de condução altamente exigente da polícia sueca.

As exigências em veículos de emergência são mais elevadas do que em carros de estrada normais. Além disso, ao contrário de muitos outros países, na Suécia o carro da polícia é considerado como um local de trabalho. Isto significa que qualquer carro tem de cumprir exigências muito rigorosas em várias áreas como o desempenho, conforto, qualidade e ergonomia para se qualificar como carro de polícia.

O teste da polícia sueca centra-se em cinco áreas: um teste de travagem, pista de obstáculos, testes de ação evasiva com e sem travagem de emergência, e condução de emergência a alta velocidade.

A pontuação global da V90 foi de 9,2 em 10, a mais alta classificação alcançada por qualquer carro neste teste exigente.

A avaliação final da V90, elaborado pelos pilotos de teste da polícia sueca, concluiu que no geral, é difícil encontrar falhas. Chassis, direção, suspensão, controle de tração e potência, todos mostram um desempenho exemplar. Mudanças rápidas de faixa a altas velocidades tornam-se muito fáceis, o carro faz o que é dito para fazer e lida com as forças laterais sem qualquer problema.

A polícia sueca será a primeira a começar a usar a V90, mas nos últimos anos outras forças policiais têm usado Volvos entre as quais da Noruega, Itália, Reino Unido e Holanda. A V90 também será disponibilizada a todas as forças policiais interessadas do globo.

Com o carro da polícia V90, a Volvo eleva a experiência de condução e o refinamento da premiada V90 ao próximo nível. Para transformar esta carrinha premium num veículo de emergência adequado, o departamento Volvo Car Special Products desenvolve soluções para atender às necessidades específicas das forças policiais.

Por exemplo, o chassis é reforçado para ficar mais forte e dinâmico, os travões e suspensão são melhorados e o carro é totalmente equipado com todas as ferramentas necessárias inclusive de comunicação. Demora cerca de uma semana para transformar uma V90 “normal” num carro da polícia na unidade de produção especial da Volvo Cars em Torsland, na Suécia.

A Volvo Cars tem uma longa história no fornecimento de carros de emergência: já em 1929 a polícia sueca lutou contra o crime ao volante de um Volvo. Nas décadas que se seguiram, Volvos clássicos como o Amazon e os 144 também serviam o uniforme. Mais recentemente, as características das XC70 e V70 foram usadas pelas forças policiais. Na altura da sua introdução, a XC70 também já tinha sido considerada como o melhor carro de polícia testado até momento.

“Car Of The Year 2017”

Versão para impressão
PDF

A gama S/V90 está entre os sete finalistas a Carro do Ano 2017, isto depois de em 2016 o Volvo XC90 ter ficado em segundo lugar com uma votação muito próxima do vencedor, o Opel Astra.

A decisão fica agora entregue a um júri composto por 58 jornalistas especializados, em representação de 22 países europeus. O vencedor será conhecido no dia 6 de Março, no Salão de Genebra de 2017.

Os finalistas são o Alfa Romeo Giulia, Citroen C3, Mercedes-Benz Classe E, Nissan Micra, Peugeot 3008, Toyota C-HR e Volvo S90/V90.

V90_resize